Criatividade Inspiração

História das cores: nasce uma nova cor azul

História das cores: nasce uma nova cor azul


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A descoberta de um metal deu ao mundo da arte um novo conjunto de cores azuis. Georg Brandt, químico e mineralogista sueco, isolou um novo metal: cobalto. Essa descoberta contribuiu para uma cadeia de eventos que mudou o mundo da arte para sempre e nos deu a vasta paleta de cores azul que os artistas conhecem e amam hoje.

A primeira cor azul sintética

Uma nova cor azul foi descoberta, por acidente! No início dos anos 1700, dois cientistas alemães - Johann Conrad Dippel, um alquimista, e Johan Jacob Diesbach, um fabricante de pigmentos e corantes - estavam trabalhando na criação de um pigmento vermelho. Por causa de uma potassa contaminada, o experimento resultou em um azul surpreendente em vez de vermelho.

O mundo congratulou-se com o nascimento do azul da Prússia.

Como sintetizar o azul egípcio antigo foi perdido na época. Muitos pintores tiveram que pagar com pigmentos como o corante índigo. Esses pigmentos, infelizmente, tinham uma tendência a desaparecer. Na época, porém, era usado ou pago uma fortuna pelo lápis-lazúli. O novo pigmento azul da Prússia que Dippel e Diesbach descobriram substituiu a cara cor lápis-lazúli.

O azul da Prússia foi o primeiro pigmento estável e relativamente leve. Os pintores japoneses não tiveram acesso a um pigmento azul duradouro e começaram a importar o azul da Prússia da Europa.

Expandindo a paleta de cores azul

O azul da Prússia era uma cor azul revolucionária para os artistas. Isso ajudou a iniciar a exploração do desenvolvimento de novas cores. A descoberta de Brandt do cobalto foi uma parte importante dessa exploração.

Quando Brandt descobriu o cobalto e o reivindicou como um elemento, ele tentava demonstrar que a cor azul do vidro era proveniente de um novo elemento e não do bismuto, como muitos acreditavam na época. Esse elemento era cobalto.

Em 1802, L.J. Thénard usou o trabalho de Brandt e o expandiu ainda mais, criando um pigmento azul cobalto para a pintura. Inspirado pelos esmaltes do óxido de cobalto no vidro, ele descobriu como usar o elemento cobalto, o óxido de alumínio e o ácido fosfórico para produzir o pigmento. O governo francês teve um papel ativo nesse desenvolvimento, encorajando e buscando desesperadamente novos produtos para ajudar sua economia depois que a Revolução a deixou em frangalhos.

A mesma busca continuou quando o governo francês anunciou uma competição em 1824. Os químicos foram desafiados a desenvolver um ultramarino sintético. O ultramarine natural foi criado com a caro pedra preciosa Lapis Lazuli. O pigmento natural era mais caro que o ouro durante o Renascimento!

O químico Jean-Baptiste Guimet ganhou o prêmio em 1828. Chamado de ultramarino francês, a cor sintética que ele criou usava vários minerais menos caros, mas ainda produzia a tonalidade vibrante como a lapis do solo.

Pinturas azuis vibrantes

Os pintores finalmente tiveram uma paleta de cores completa, acessível, de cores frias e quentes. Muitos pintores começaram a criar peças com essas novas cores azuis. Essa gama maior de azul levou à criação de muitas obras de arte icônicas, incluindo várias obras de Van Gogh.

NoNoite estrelada sobre o Rhône, Van Gogh usou todas as três novas cores - azul da Prússia, cobalto e ultramarino - para capturar as tonalidades noturnas do rio Ródano, segundo o Musée d'Orsay.

Um ano depois, Van Gogh pintou A noite estrelada, novamente usando os muitos novos tons de azul para criar um trabalho vibrante e comovente.


Assista o vídeo: TEATRO INFANTIL - O CASAMENTO DAS CORES (Pode 2022).


Comentários:

  1. Corday

    Espero que você encontre a solução certa. Não se desespere.

  2. Panteleimon

    Eu me inscrevi no feed RSS, mas por algum motivo as mensagens estão na forma de alguns hieróglifos :( como corrigir isso?



Escreve uma mensagem