Técnicas e dicas

8 substratos de pintura (e a única coisa em que você nunca deve pintar!)

8 substratos de pintura (e a única coisa em que você nunca deve pintar!)


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Nota do editor: o conselho de pintura de hoje vem do livro de Nancy Reyner Revolução Acrílica. Obtenha o livro com dicas sobre como selecionar e preparar esses substratos de pintura e muito mais conselhos para pintar com acrílico, em Nancy Revolução Acrílica.

Leia esta lista para oito superfícies e veja a única coisa que você não deseja pintar abaixo.

Seu em arte,
Cherie

Você pode pintar em qualquer coisa: pintar substratos para acrílico

Por Nancy Reyner, da Acrylic Revolution

O acrílico pode ser pintado em praticamente qualquer suporte. Selecione entre as muitas opções nesta seção para conveniência, longevidade e estética.

1. Tela

A tela é comumente usada como superfície de pintura e oferece muitas vantagens: é absorvente, possui uma maravilhosa textura de tecido, é leve e portátil. Os suportes de lona vêm em três tipos: placas de lona não esticadas, esticadas e fabricadas comercialmente. O papel de lona também vem em blocos, mas parece muito liso, não como um tecido de lona real.

Esticar você mesmo requer prática. Você precisará de barras de maca de madeira, uma pistola de grampo e um alicate de maca. Enrole a tela em torno das barras e prenda-a nas costas, puxando-a com força cada vez. Comece do centro e trabalhe para o exterior. As telas esticadas podem ser adquiridas em tamanhos padrão ou personalizadas por sua loja de arte ou moldura. Às vezes, aqueles produzidos em massa com uma máquina podem custar aproximadamente o mesmo ou menos que suprimentos para esticá-la.

2. Papel e cartão

Papel e papelão são ótimas opções de suporte se você é iniciante ou apenas deseja experimentar. Ambos são econômicos e fáceis de encontrar. Ambos possuem superfícies absorventes que tornam possíveis lavagens e técnicas de acrílico com excesso de água. Selecione papéis ou cartão sem ácido, que são mais arquivados e não terão impurezas que possam manchar sua pintura.

3. Painéis de madeira e compósitos

A madeira é um excelente suporte para pinturas, especialmente para aplicações espessas de tinta e outras técnicas que exigem um suporte rígido e resistente. Existem muitos tipos de madeira natural disponíveis, além de compósitos como Masonite, placa de fibra de alta densidade (HDFB) e placa de fibra de densidade média (DFB). Birch é um ótimo painel fino e leve para pinturas grandes.

A madeira possui muitas impurezas, resinas e outros elementos naturais que podem infiltrar-se nas camadas de tinta, causando manchas e amarelecimento. Sempre limpe a superfície primeiro, costure-a com um selador de manchas e depois prepare-a antes de pintar.

Os compósitos são fortes e têm a sensação de madeira, mas não têm um grão de madeira natural. Outro tipo de produto composto é o aglomerado, feito de serragem pressurizada. A umidade fará com que a superfície do aglomerado inche, portanto lixe-a após as primeiras demãos do selador e do primer para suavizar a superfície áspera, e ela deve permanecer lisa para as demãos e pinturas subsequentes.

4. Tecido estampado

Adoro navegar nas lojas de tecidos para obter idéias de cores, padrões e texturas. Às vezes compro pequenos pedaços de tecido apenas para ficar em volta do meu estúdio em busca de inspiração. Uma técnica divertida é pegar seu tecido favorito e usá-lo como superfície inicial para iniciar uma pintura. Não há necessidade de olhar para aquela tela branca com medo. Obtenha um ponto de partida iniciando sua pintura com cores e padrões já existentes!

5. Seda

Se você deseja pintar seda e espera manter o tecido macio e fluindo livremente para usar como faixa, instalação de tecido ou arte vestível, os acrílicos fluidos oferecem uma alternativa mais estável do que os corantes de tecido. O corante funciona bem na seda, mas não é tão resistente à luz e estável quanto o acrílico. Esta técnica demonstra como usar acrílico na seda para obter cores duráveis, rápidas e laváveis, mantendo a suavidade do tecido. Esta técnica pode ser usada em tecidos que não sejam seda.

6. Metal

As duas questões de preocupação na preparação de um suporte de metal são o controle de aderência e ferrugem. Essa técnica funciona melhor para metais ferrosos como aço e fornecerá um suporte à prova de ferrugem de longa duração para uso interno ou externo, adequado para revestimento com tinta acrílica. Existem muitos tipos de metal para você escolher. Pesquise questões de segurança, disponibilidade e preparação adicional necessária. Esta demonstração usa aço macio de bitola 11, 1/8 de polegada (3 mm). Qualquer que seja o metal que você escolher, corte-o profissionalmente de acordo com suas especificações.

7. Vidro

Uma razão para pintar no vidro é tirar vantagem da sua clareza. A principal preocupação com a pintura em vidro é a adesão. Gravura ou jateamento de superfície adicionará dente. Ambos os métodos tornarão o vidro um pouco nublado, portanto, grave apenas nas áreas onde a tinta será aplicada.

Compre vidro em qualquer loja de suprimentos de vidro e corte-o no tamanho desejado. Vidro flutuadoe vidro da janelasão escolhas suaves, claras e baratas que funcionarão bem. O vidro também é colorido ou texturizado. Se você estiver jateando com areia, use vidro com pelo menos 6 mm de espessura. Se a sua peça de vidro for autônoma, cubra as bordas afiadas de vidro com molduras.

8. Objetos

Pintar em esculturas ou objetos em 3D incentiva você a pensar de maneira diferente porque o objeto precisa ser considerado de todos os ângulos. Você pode fazer sua própria escultura em cerâmica, ter uma loja de metal cortada de acordo com o modelo ou apenas usar uma concha, galho ou rocha interessante. Você também pode comprar objetos prontos em lojas de gramado e jardim ou em lojas de hobby e artesanato. Se o objeto já estiver pintado, lixe levemente, aplique gesso acrílico e repinte. Entre em contato com o departamento técnico do fabricante para obter recomendações para limpeza e preparação. Se você estiver colocando o trabalho artístico final ao ar livre, pergunte sobre selantes especiais ou acabamentos de proteção e use tintas com alta taxa de testes de resistência à luz para impedir que sua arte desapareça rapidamente. ~Nancy

Não pinte sobre este

Apenas sendo bobo! Espero que você tenha aprendido uma nova variedade de substratos de pintura para acrílico e que sorriu, pelo menos um pouco. 🙂

Clique aqui para obter sua cópia doRevolução Acrílicapor Nancy Reyner hoje e assista ao vídeo ArtistsNetworkTV abaixo para obter alguma inspiração de arte instantânea da própria Nancy. ~Cherie


Assista o vídeo: APRENDA A PINTAR FRALDA PARA BEBÊ. AULA 5 (Julho 2022).


Comentários:

  1. Gujora

    Que frase simpática

  2. Corvin

    Delírio exclusivo

  3. Kikinos

    Sim, a qualidade provavelmente não é muito ... eu não vou olhar.



Escreve uma mensagem